Diversidade: há uma linha entre o risco e o desafio

0
Na sequência do que tem vindo a acontecer em várias nações europeias, Portugal assinou recentemente a “sua” Carta para a Diversidade, que pretende promover...

Mudaram os rostos dos que mudam o mundo – e ainda bem

0
Menos políticos, menor número de líderes empresariais, “quase” metade de mulheres, activistas, jornalistas, ambientalistas, dois astronautas, um cantor lírico. De uma forma geral, este...

O que está a causar insónias aos executivos de topo?

0
Um estudo exaustivo, realizado pelo Institute for Business Value, da IBM, nos cinco continentes e baseado em mais de cinco mil entrevistas realizadas a...

Negócios ágeis e com impacto de inovação

0
O ranking da Fast Company que elenca as 50 empresas mais inovadoras do mundo integra este ano um negócio com tecnologia 100% nacional e...

Google: o lugar mais invejado do mundo para se trabalhar

0
Pela 7º vez em 10 anos, e pelo 5º ano consecutivo, a Google ocupa o pódio das 100 melhores empresas para se trabalhar, no...

“Temos de inspirar uma liderança global contra o sofrimento humano”

0
Erradicar o sofrimento humano exige soluções políticas, união de propósitos e de lideranças e investimento humano e financeiro. Exige aquilo que parece impossível, mas...

As empresas são como as espécies: devem evoluir

0
Um biólogo, um antropólogo e dois economistas. A teoria evolucionista e oito princípios que ditam a eficácia dos relacionamentos nos grupos. Um revisitar da...

B Corps lideram modelo de (r)evolução organizacional

São já mais de 1600 as empresas que se comprometeram a operar no mercado de uma forma radicalmente diferente das suas congéneres convencionais. Numa...

“O futuro dos negócios está na flexibilidade”

0
“Num mundo imprevisível, precisamos de diversidade”. E essa diversidade passa por promover o mérito e capacitar economicamente as mulheres através do trabalho, defendeu no...

Competir ou colaborar? Para nosso bem, ambos

0
É a velha questão: serão mais bem-sucedidos os que competem ferozmente e que lutam incessantemente para serem melhores do que os outros ou, pelo...

O PRR fará diferença?

0
Um fundo gigantesco, dando quatro anos para gastar milhões, torna inevitável desperdício, precipitação, abuso. Se a Europa queria realmente resolver os problemas, devia dar menos, com mais tempo e mais cuidado

Rede Sociais

4,149FãsCurtir