União Europeia não é isenta de violação dos direitos humanos

As acções flagrantes de governos abusivos cimentam a crença de que a corrupção, a censura, a impunidade e a violência são os instrumentos mais eficazes para alcançar os seus objectivos

Rio 2016 e as atribulações olímpicas

A 21 dias do início dos Jogos Olímpicos, o Rio de Janeiro parece estar (quase) pronto para receber atletas e turistas que, de 5...

Como se pode mitigar o embate de uma potencial segunda vaga?

Para minimizar o embate de uma potencial segunda vaga, as intervenções deverão ser divididas em três categorias - detecção de doenças, redução do número de novos casos e limitação da mortalidade -, podendo e devendo ser adaptadas a populações e cenários específicos

Crise: o que estão as empresas efr a fazer pelos seus colaboradores

“Dar esperança” aos colaboradores é o sentimento que prevalece como prioritário nos planos de muitas empresas

Uma Terra onde as emoções imperam e as dificuldades se contornam

1
Com o objectivo de promover a saúde emocional, agora junto uma população alargada, a Terra dos Sonhos demonstra como se consegue transformar o impossível...

“O envolvimento cívico em Portugal é dos mais baixos da Europa”

0
A Calouste Gulbenkian está a gerir o novo Programa Cidadãos Ativos, do Active Citizens Funds/EEA Grants, com uma dotação de 11 milhões de euros,...

“Há cada vez mais empresas cidadãs“

0
As empresas que lideram no seu mercado “são as que apresentam melhores práticas de governação”. Foi com base neste pressuposto que a Bnomics lançou...

Migrações e o imperativo de desconstruir falsas verdades

0
Dos 247 milhões de migrantes que existem no mundo, apenas 10% são refugiados ou requerentes de asilo. A nível global, estas mesmas pessoas são...

Com 8 mil milhões de pessoas, é possível não deixar ninguém para trás?

Todas as tendências demográficas vão desaguar ao continuamente avolumado mar das desigualdades

2021: ou o mundo abraça o multilateralismo ou o resultado será um desastre

Da cooperação entre os países - ou da falta dela – dependerá, em muito, a próxima década

COM O APOIO DE:

Parceiro Fundação Montepio

O PRR fará diferença?

0
Um fundo gigantesco, dando quatro anos para gastar milhões, torna inevitável desperdício, precipitação, abuso. Se a Europa queria realmente resolver os problemas, devia dar menos, com mais tempo e mais cuidado