“O poder corporativo e monopolista é uma máquina implacável geradora de...

0
Os cinco homens mais ricos do mundo duplicaram as suas fortunas ao mesmo tempo que quase cinco mil milhões pessoas tornaram-se mais pobres

Davos, a OMS e a doença X. E o muito que...

0
Afinal o que faz a OMS em relação às doenças futuras e passadas?

O mundo em risco(s)

0
A única certeza é a de que estes riscos transnacionais tornar-se-ão mais difíceis de gerir à medida que a cooperação global se for desgastando

Eu, jogador, me confesso

0
O pesadelo do vício do jogo na primeira pessoa

O simbolismo de um novo ano pode ajudar a ganhar novos...

0
Apenas 8% das pessoas consegue atingir as suas resoluções de ano novo, o que significa que 92% fracassam nos seus intentos

A valorização do Talento Sénior e a promoção da intergeracionalidade traz...

0
Precisamos de começar a pensar em novas estratégias e metodologias para prolongar a vida profissional e promover o envelhecimento ativo

Valor médio excedido do orçamento mensal dos portugueses é de 293€

0
Muitos europeus estão a ser forçados a utilizar as suas poupanças para cobrir as pressões financeiras quotidianas

Transtorno afetivo sazonal: a explicação para a melancolia que se sente...

0
Sinais como humor deprimido, aumento do apetite, cansaço, letargia (apatia) e aumento da duração do sono durante o inverno podem estar associados ao Transtorno Afetivo Sazonal

Corrupção: um fenómeno esquivo e multifacetado

0
O fracasso das medidas políticas anticorrupção inspiradas na escolha racional levou os académicos a procurar abordagens alternativas para compreender os factores individuais que determinam o comportamento corrupto

O que desejam os jovens europeus?

0
Entre o que desejam para o futuro, os jovens gostariam que a cura para o cancro fosse possível, a par da descoberta de soluções para os problemas relacionados com as alterações climáticas

PARCEIROS

parceiros ver

Rede Sociais

4,149FãsCurtir

O PRR fará diferença?

0
Um fundo gigantesco, dando quatro anos para gastar milhões, torna inevitável desperdício, precipitação, abuso. Se a Europa queria realmente resolver os problemas, devia dar menos, com mais tempo e mais cuidado